Espécie Espacial
Sérgio Ricardo
Dorme, dorme, dorme astronauta e sonha
No espaço especial
Dorme, dorme dorme astronauta e sonha
Com a espécie espacial

Virgulino roupa no varal
Filtrando estrelas

Beira de rio
Ruela dágua, beira solidão
Cheiro de boi
Sino de igreja
Remendo novo na calça de pai

Dorme dorme…

Virgulino, canto de quintal
Contando estrelas

Olha o balão
Conversa mole ao pé de São João
Tem berimbau
Galo de briga
Espora de faca rasgando a barriga

Dorme, dorme…

Virgulino ponta de punhal
Cravando estrelas

Bico de pão
Tranca a fieira, joga o seu pião
Belém belém
Missa acabada
Domingo é dia e noite namorada